Rota de Tapas * Estrella Damm – o roteiro ibérico!!

E depois da apresentação deste evento, eis-nos a cumprir o desafio auto-proposto de percorrer esta Rota de Tapas na sua íntegra!…erro de principiante!! Pegando no mapa da cidade de Lisboa, contam-se 54 estabelecimentos, cada um apresentando a sua tapa… ora, contando cerca de 30 minutos entre chegar ao local, sentar, ter a tapa na mesa, provar e seguir caminho, era um objectivo utópico, fazer mesmo apenas metade da rota num só dia!!

Mas se por um lado fazer toda a rota num só dia é tarefa impossível, por outro, tornamos o impossível, possível e realizamos em simultâneo a rota das tapas por Lisboa e… Barcelona! Onde também decorria este evento da Estrella Damm!!

Passemos ao que realmente importa… os locais visitados, as tapas degustadas e a nossa opinião sobre as mesmas!! Importa referir que a ordem cronológica que aqui apresentamos prende-se com o facto dos horários de funcionamento dos estabelecimentos, mediante a sua disponibilidade de manhã, tarde e final de tarde.

#5 BICÓPREGO

Tapa: Preguinho Real – Preguinho de carne açoreana com manteiga, salsa e alho, em bolo do caco

bicoprego4

1464631225_thumb_up Tapa em quantidade substancial, carne muito tenra

1464631223_thumb_down Tempo de espera

#1 CARINHO DO VINHO

Tapa: Fusão com Carinho – Pão crocante com creme de queijo e pimenta, com puré de anchovas

carinhodovinho3

1464631225_thumb_up Espaço bastante agradável, simpatia no atendimento. Destaque para a fusão de sabor entre o creme de queijo e a pêra que também faz parte desta tapa

1464631223_thumb_down Para quem não for apreciador de anchovas (a qual não é puré como na descrição, mas sim enrolada num palito)

#7 EL CLANDESTINO

Tapa: Quesadilla de Cogumelos e Flor de Courgette – Cogumelos, flor de courgette, cebola e queijo oaxaca

elclandestino3

1464631225_thumb_up Conjugação de sabores entre os cogumelos com a cebola caramelizada e o queijo oaxaca que dão um sabor único a esta tapa e a atenção dada na explicação da tapa

1464631223_thumb_down Espaço para degustação das tapas restrito a um balcão

#24 GALASSA CAFÉ

Tapa: Serranitas – Almôndegas crocantes envoltas em sésamo, com queijo da serra e ladeadas de abacaxi confitado

galassacafe5

1464631225_thumb_up A combinação com o abacaxi confitado dão um toque doce à tapa

1464631223_thumb_down Tapa pouco crocante, e para quem não for apreciador, esta tem queijo da serra derretido. O atendimento deixou muito a desejar, pela atenção e pelo local em si, ficando o grupo de 8 pessoas numa mesa para 4, estando a esplanada exterior disponível. Fraca apresentação da tapa.

#23 CHIADO TERRASSE

Tapa: Mini Burger de Bacalhau – Suculento mini burger de bacalhau em ninho de batata palha, ovo e chouriço, ladeado de molho cocktail

chiadoterrasse

1464631225_thumb_up Boa apresentação da tapa

1464631223_thumb_down Espaço disponibilizado para a degustação das tapas (tivemos que esperar até que outro grupo saísse da mesa designada para esse efeito)

#30 LEVEL

Tapa: Polvo Barista – Polvo marinado em café “barista” com molho aioli, assente em cama de batata-doce e tomate assado

level4

1464631225_thumb_up Local espaçoso, com uma decoração peculiar, usando elementos da Nescafé Dolce Gusto, bom atendimento e explicação da tapa

1464631223_thumb_down Faltou aquela boa surpresa da combinação improvável entre o polvo (frio) e a batata doce (quente)

#31 STORIK

Tapa: Surpresa de Aftónitas – Bolinha de morcela da beira e pêra

storik4

1464631225_thumb_up A combinação da morcela com a pêra

1464631223_thumb_down Atendimento impessoal e fraca apresentação da tapa

#36 A MARIA NÃO DEIXA

Tapa: Trilogia de Croquetes – Trilogia de croquetes, cada um com seu molho, a alheira é do minho, os legumes do ribatejo e o atum do Algarve

amarianaodeixa

1464631225_thumb_up Espaço amplo, diversidade de sabores e a fusão de cada croquete com o seu molho foi um casamento feliz. Principalmente o croquete de legumes “casado” com o molho de morango.

1464631223_thumb_down Para quem não for apreciador de alheira

#27 DR. WINE

Tapa: Cone com Mousse de Borrego e Chutney de Frutos Silvestres – Mousse de alheira de borrego com ovo cozido, cebolinho e natas, com chutney de gengibre, malagueta, sésamo, açúcar mascavado e frutos silvestres. Servido em cone

drwine

1464631225_thumb_up Excelente apresentação da tapa, a mousse de alheira de borrego é suave no sabor do borrego, proporcionando um casamento interessante com o cone e o chutney

1464631223_thumb_down Mais uma vez, a questão do espaço disponibilizado para a degustação das tapas, atendimento um tanto ou quanto inóspito inicialmente. Forte sabor a alheira para quem não for apreciador

#28 NAVEGADOORS

Tapa: Tapa Não Dói – Ceviche de corvina lusitana com cebola roxa picada, raspas de lima, laranja, sumo de laranja, limão, tomate picado e salsa

navegadoors

1464631225_thumb_up Bom atendimento, espaço new age, diferente, com mistura de vários estilos. Tapa muito fresca com excelente combinação de sabores cítricos.

1464631223_thumb_down Só uma fatia de pão para “mergulhar” naquela mistura de líquidos fabulosa?!?

Mais algumas fotos desta nossa aventura pela cidade de Lisboa…

Por Barcelona, o nosso “enviado especial” partilhou os seus registos das tapas pela Rota Catalã.

Comentários