Essência humana…uma vida com propósito e objectivos idiotas!

Um momento de pausa, tipicamente a viagem de regresso a casa…40 minutos sozinho, onde a única tarefa é conduzir o carro…a cabeça tem o seu momento de recreio e aí vai ela!! Tudo é um possível tema para divagar…e a dado momento dou por mim a pensar no ser humano. O que somos? O que andamos cá a fazer? Qual o nosso objectivo? Que vida é esta que fazemos?!

E as conclusões não são as mais animadoras!! Resumidamente, ISTO ESTÁ TUDO MAL!!!

Senão vejamos, somos apenas um ser vivo entre milhares que habitam neste planeta, planeta esse inserido num universo do qual aparentemente muito pouco sabemos, onde existirão provavelmente milhões (biliões?! triliões?!) de outros planetas e outros tantos seres vivos (sim, não me lixem, não estamos sozinhos!!!). Um espaço onde a unidade de medida é o ano de luz (1 ano luz = 9,4607 × 1012 km), o equivalente a 741666666,67 o diâmetro do planeta…um espaço pequeno portanto!! Voltemos então ao ser humano…com uma esperança média de vida de cerca de 80 míseros anos!! No universo, a nossa existência resume-se a um espaço de tempo insignificante, quase inexistente! Queixamo-nos (e em boa verdade, com razão!) que o tempo passa a voar. Precisamente!! A vida de um ser humano é um mero momento passageiro, nascemos, nem damos pela infância, “meia dúzia de dias” depois somos adolescentes, num piscar de olhos estamos no mercado de trabalho e numa desenfreada corrida para cumprir os objectivos que a sociedade nos impõe e quando olhamos para trás, uma vida passou e estamos perto do fim!

WS2A0147 copy

Passada essa vida, o que fizemos? Contrariamente a todos os outros seres vivos, passamos uma série de anos mergulhados em stress e rotinas, com responsabilidade atrás de responsabilidade, numa luta laboral cujo propósito nem nos apercebemos ao certo qual é…e para quê? Na minha modesta opinião, para nada!! No final acabamos todos da mesma forma!! Então para que nos sujeitamos anos a fio a esta “vida”?! Há quem diga “para nos sentirmos realizados!!”…tretas!! Um individuo que passa 12 ou mais horas do seu dia a fazer trabalhos pesados, dia após dia, certamente não o faz por prazer, muito menos por realização pessoal! Ninguém trabalha de sol a sol (e muitas vezes ao sol!) por puro prazer ou realização pessoal! TRETAS!!…trabalhamos porque precisamos…e precisamos porque essa necessidade nos foi imposta pela sociedade e pela “evolução” do ser humano!!

Há uma coisa que nos distingue de todos os outros seres vivos neste planeta, somos animais racionais (a racionalidade de alguns é questionável, mas deixo ao vosso critério avaliar caso a caso). E o que conseguimos com essa racionalidade e superioridade face aos outros seres nuns poucos milhares de anos de existência?!…criar o pior modelo de vida de todos (os que conhecemos)! Vivemos num cativeiro, numa jaula que se chama sociedade! Foram-nos impostas regras (ok, até aqui tudo bem e concordo!) e necessidades que não são de todo essenciais à vida humana! Impuseram-nos que tínhamos de ter a melhor das casas, o melhor dos meios de deslocação, o melhor do vestuário…e quando isso parecia não ser suficiente, ainda criamos mais umas quantas…a alimentação (quantas pessoas ainda são auto-suficientes cultivando o seu alimento?!), a tecnologia (o ex-líbris das necessidades desnecessárias) e umas tantas outras coisas com as quais parecem não podermos sobreviver, mas lembremo-nos que como todos os outros animais, vimos ao mundo nús, respiramos o oxigénio que existe em qualquer parte do planeta e alimentamo-nos das plantas que crescem nesse mesmo planeta.

Para satisfazer todas essas necessidades, a cereja no topo do bolo, trabalhamos que nem loucos para ganhar aquilo que também criamos como necessidade, o dinheiro, que nos permite comprar tudo o resto!

Isto é que é viver?! Isto é vida?!

WS2A0105 copy

A pouca percentagem de população que detém a maior percentagem da riqueza mundial (o tal dinheiro que precisamos), dirá “é a vida!!” pois para esses, viver segunda estas regras é simples. O dinheiro é, supostamente, a base de todas as nossas necessidades e isso eles têm aos magotes!!

Então e a outra maior percentagem de população que detém a menor percentagem da riqueza mundial?! Como ficam esses? Na merda, ora pois! Trabalha e não bufa! E se abdicares um pouquinho mais da tua vida para dedicar ao trabalho, pode ser que ganhes um bocadinho mais…qual burro atrás da cenoura (que nunca chega a comer)!

E neste meu devaneio chego a uma conclusão (estou a chegar a casa, é tempo de dissertar as conclusões antes de voltar aos afazeres), a vida é demasiado curta e passa demasiado rápido para sermos obrigados a trabalhar cinco dias por semana (no mínimo)! O mundo desenvolvido, porque algum do terceiro mundo ainda vive sob outra mentalidade, muito mais natural, despreocupada e próxima da essência do ser humano) tem de mudar, temos de passar a trabalhar menos (ou nada, numa visão utópica!) e viver a vida, aproveitar os momentos, conviver com os outros seres humanos, explorar o mundo, aprender, conhecer, respirar ar puro e evoluir enquanto seres, mas uma evolução saudável e natural!

Posto isto, aproveitem o que vos resta dos cinco minutos de pausa antes de regressarem ao trabalho, para partilhar este post! Se chegar a todos os seres humanos (vá, pelo menos a metade deles), pode ser que uma revolução saudável e pacífica ocorra neste nosso mundo!! 😉

WS2A0079 copy

PS: não se lamentem pela vida do cão…procurem a vossa ‘vida de cão’!! 😉

One thought on “Essência humana…uma vida com propósito e objectivos idiotas!

  1. Grande Benjamim, é uma reflexão que passa por quase todos os humanos mas que poucos têm a capacidade de contornar. Parabéns pelo artigo e continua em busca da tua vida de cão 😉

Comentários