E esta merda é toda nossa, allez allez!

Crónica do Euro 2016, na óptica de um palerma que decidiu gastar dinheiro para ir a França, ver apenas 2 jogos, pois não iríamos jogar muitos mais…

Pois bem, este meu post visa retratar uma viagem absolutamente improvável, com um desfecho ainda mais improvável!!

sdr

Assim reza a história:

Certo dia, o meu primo Gonçalo (que é um Dr Fisioterapeuta e Osteopata do Crlh”#, e que podem encontrar na sua clínica kineticfisio.com) disse-me: “João, candidatei-me a bilhetes para o Euro e ganhei. E agora?! Vamos a França ver Portugal?!”… e eu respondi, ausente de grande reflexão: “CONTA COMIGO!!! Nunca fui ver um jogo de uma competição destas e embora Portugal não vá fazer grande figura, com uma turminha gira, vai ser de certeza brutal”…

sdr

Convocatória da Turma: Dr. Gonçalo (Manitas d´ouro), João R (palerma certificado), Eng. Filipe (Eng. Informático), Cap. Pedro (Piloto Aviões grandes), Eng. Tiago (um brilhante Eng. Mecânico, que optou por se dedicar à Emergência Médica)

E assim foi… na véspera da nossa partida (sexta-feira 17-06, e enquanto fazia as malas às 3 da manhã, pensava: “que p#t@ de aventura… vou uma semana para França, com 4 amigos, ver 2 jogos de Portugal que não está a jogar nada (já tínhamos tido o jogo de estreia com uma exibição de merda)… Mas nesse momento, enquanto acabava de colocar Jeans e T-shirts na mala, uma borboleta da traça pousou em cima do meu ombro… olhei aquele mágico momento e senti que era um sinal… sinal que a traça estava a comer a camisola, e por isso e com vigor, espetei uma valente palmada que esborrachou o bicho e que sujou a t-shirt, e gritei: “pu%@ que pariu mais para às traças!!!”

Sábado, 18 de Junho de 2016: CHEGADA A PARIS

Turma: Dr. Gonçalo, João R e Eng. Filipe (faltava-nos um por imprevistos de última hora… tínhamos que despachar um dos bilhetes)

Após o check-in num fantástico IBIS situado num bairro semi-duvidoso, seguimos para o centro, em direcção ao estádio Parc des Princes. logo à saída do IBIS deparamo-nos com uma tasca do Sr. Amir, que tinha café expresso BOM e MINIs Super Bock!!! Saímos dali rumo ao Metro, e passa um maluco de bicicleta que grita, sem nunca parar, “até os comemos crlh!!!”… ahahahahah

bty

Eram os primeiros sinais de que Portugal estava com uma estrelinha especial!!!

Ao chegar ao Estádio, encontramo-nos com o Guilherme “Bambino”, amigo de faculdade do Gonçalo, residente em Paris, que nos acompanhou no jogo, e também com o Cristiano que estava curiosamente, nas ruas do estádio a beber umas cervejas, tal como nós!!

Turma parte II: Dr. Gonçalo, João R, Eng. Filipe e Dr. Guilherme Bambino (tb ele Fisio, mas de porte Schwarzenegger e um verdadeiro anfitrião, que nos recebeu maravilhosamente)

Entramos no estádio e… UAUUUU, que estádio meio feio (quando se está habituado a Catedrais, a fasquia é alta), mas com uma moldura fantástica!!! Comecei, mais e mais a ficar contagiado com todo aquele ambiente… e lá começa o Hino de Portugal!!! Que sensação absolutamente inexplicável!!!

8 estadio paris 6034x1920

O jogo foi merdoso, com um 0-0, com o poste a tirar o golo ao Ronaldo… mas o ambiente no estádio e fora dele era absolutamente contagiante!!!

Era impressionante que antes, durante e após o jogo, a maioria dos fãs portugueses estavam muito mais felizes do que a confiança e qualidade expectável da Nossa Selecção! E isso também me começou a contagiar. Comecei a viver mais o EURO, e menos preocupado em assistir a grandes exibições…

À saída do estádio, encontramos um café Português com pastéis de nata e imperial Super Bock… e lá estivemos até às tantas em conversas de treinador de café, com inúmeros desconhecidos e alguns conhecidos. Estávamos às tantas a beber umas imperiais e a fazer a análise do jogo com um grupo de malta que segue a selecção para todas as competições e que param a agenda para se dedicarem a 100%… e o Gonçalo pergunta: “então o que fazem?” e a resposta foi: “somos músicos”… e lá estivemos umas valentes horas a falar de futebol com quase todos os elementos dos The Gift… uma malta TOP TOP!!

Era tarde, e fomos para o descanso…

Dia 19: Portugal não joga, vagueamos por Paris em modo turista…

Deparamo-nos com estupefacção face ao sucesso uma tremenda empreendedora Francesa, que está espalhada por Paris com vários estabelecimentos, sempre cheios de gente… Tivemos receio de entrar, pois não chegamos a perceber o que a Dorée faz efectivamente… mas que faz muitos BRiOCHES, faz!!!!!!!!!!!!!!!!

bty

No final do dia, somos convidados a jantar em casa do Dr Guilherme Bambino, num ambiente tão acolhedor como se estivéssemos na nossa casa. Não estava planeado e por isso foi ainda mais especial.

À noite, vai decorrer uma finalíssima histórica na NBA. O que fazer?! Procurar um Pub para acompanhar o jogo até às tantas (pois o fuso horário é tramado) e ver LeBron James vs Stephen Curry a fazerem história.

…e nada mais a assinalar, pois what happens in Paris, …

Dia 20: Chove que dói…

Decidimos subir à Torre Eiffel, pois não havia fila… algo raro, não fosse estar a chover a potes!! Mas lá fomos e mesmo até ao topo, onde tive a maravilhosa experiência de fazer o nº 1, a 280 metros de altura!!! Mais um importante milestone na minha vida!! Ahahahahah…

dav

O Sunset no Sena foi igualmente fantástico!!

bty

Turma: Dr. Gonçalo, João R, Eng. Filipe e Eng. Tiago (que se junta a nós, já de madrugada, vindo de lisboa), e o Eng. Filipe que rumou a Portugal

Dia 21: Rumo a Lyon, de TGV…

dav

Chegamos a Lyon, uma cidade muito bonita, e ficamos alojados numa casa igualmente gira, perto da Ópera…

bty

Turma: Dr. Gonçalo, João R, Eng. Filipe e Eng. Tiago e Cap. Pedro (directo de Lisboa a Lyon)

Pela tarde passámos pela FUN ZONE, onde aceitámos participar num joguinho de street football, 4 para 4… Enferrujados, lá fomos ganhando jogo após jogo, até nos expulsarem de campo, ao 5º jogo, sempre imbatíveis… e claro, passa um Tuga que grita: “até os comemos crlh!!!”

bdr

O que não sabíamos era que a casa ficava num segundo andar numa rua de bares, e que justamente aquele era o dia da musica em Lyon. Resultado… um mega set de DJ na rua, que “bombou” até à hora das 12 badaladas… :o) nem queríamos acreditar que a nossa sala estava com um som idêntico a uma disco!!!! França a continuar a surpreender-nos…

#BoysWillAlwaysBeBoys with Dr. Gonçalo

Dia 22: Dia de Jogo Portugal vs Hungria

Rumo ao estádio em transportes públicos com 90% Húngaros… povo festeiro e boa onda.

O jogo foi intenso, 3-3, foi o jogo do Euro com mais golos marcados, foi o jogo que o menino entrou e começou a espalhar magia, foi o jogo onde perdi a voz de tanto gritar e pedir que marcassem mais um… estava com aquele desejo estranho de querer que a nossa Selecção ganhasse um jogo!! Verdade que o resultado final, e o golo tardio da Islândia, viriam a dar um jeitão…

Após o Jogo, os normais festejos e confraternização pelas ruas de Lyon… o típico e fantástico ambiente de Europeu, que é absolutamente mágico.

Dia 23: Partida para Marselha, para uma ponte aérea que se revelou surpreendente…

Neste dia, seguimos de TGV para Marselha, já na fase de descanso de jogos do Euro, e para de lá regressarmos a Portugal.

Turma: Cap. Pedro regressa de Lyon a Lisboa; Eng. Tiago segue até Marselha e regressa a Portugal; e eu e o Dr. Gonçalo regressamos a 25 de Junho… mas quando achávamos que estávamos a chegar ao fim, eis que surgem episódios mágicos…

Ao chegar a Marselha, vamos dar um mergulho à praia e acabamos casualmente a um sunset DJ party, da qual não tínhamos qualquer conhecimento, mas que se revelou fantástica (mesmo de chinelos e calções de banho), ora não estivessem lá vários DJs conhecidos, numa praia com 20.000 pessoas, e com Bob Sinclar a fechar a noite… (tudo grátessss…)

Casualmente, percebo também que alguns dos meus B’s (companheiros do theBblog) iam estar nos arredores de Marselha, na casa de um nosso amigo de infância, para o baptizado dos filhos dele…

Já se sabe o que vem de seguida: um fantástico barbecue na casa do Tiago, junto a bons amigos que vieram de Arruda… o que pedir mais para fechar uma aventura em terras gaulesas?! Pois é…

Mas ainda acabámos por ir ao baptizado, na manhã em que regressávamos (o que significou a aventura de ir à abertura do shopping para comprar uma camisa…); e terminámos esta aventura num momento muito feliz, de partilha entre amigos e família!!!!

#TiagoReisFriendSince10YearOld

bty

FOI INCRÍVEL!!! FOI MUITO DIVERTIDO!!! FOI MÁGICO!!! Tudo foi inesperadamente MÁGICO…

bty

#BackHome

Agora vem a parte ainda mais incrível… é que após meu regresso a Portugal, continuámos todos a ver a nossa Selecção a progredir jogo a jogo; sem grande nota artística (como diria o “Guru”), mas com um pragmatismo incrível, e dar-nos cada vez mais a idéia que algo INCRÍVEL IA ACONTECER… CHEGAR À FINAL DO EURO2016!!!

E NÃO É QUE CHEGÁMOS MESMO!!! Contra todas as expectativas, mas de forma MERECIDA, sem dúvida. Claro que houve sorte, mas também esta não chega sem trabalho. E o caneco é NOSSO!!!! CAMPEÕES!!!!!!!

36 Euro-2016-cup 1024x683

Sou hoje um Português ORGULHOSO pela conquista, orgulhoso pelo percurso, pois não tínhamos um grupo galáctico, orgulhoso pela energia positiva que Portugal puxou a si… mas acima de tudo muito orgulhoso que os Portugueses andem mais sorridentes e felizes, pois perceberam finalmente que não somos sempre “Fado” e “Azar”!!!

Sempre fomos muito bons em muitos áreas, mas com a visibilidade que o futebol tem, vislumbrámos uma projecção global, que agora realça mais os feitos alcançados por qualquer Português!!!! Sim, é verdade e ainda bem!!!

37 1024x948

#SomosBonsEmTantaCoisaETemosQueTerOrgulho

Viva a Selecção, Viva o Povo (ou as pessoas se preferirem) e Viva Portugal!!!!

Mas acima de tudo, Viva a Vida e a Felicidade e tudo aquilo que nos faz sentir bem, um dia de cada vez, para aproveitarmos o mais possível!!!

Convém realçar que todos temos o direito de cantar de Galo durante os próximos 4 anos, pois até ao próximo EURO…

38 1024x576

ESTA MERDA É TODA NOSSA, Allez, Allez !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!´

Bjs e Abraços,

JR

 

2 thoughts on “E esta merda é toda nossa, allez allez!

Comentários