Snowtrip The B Blog – A snowtrip mais lowcost desta temporada!

Chegados a esta altura do ano, o frio está ao rubro, as praias são desaconselhadas e a tendência geral da malta nova ou até da “mais experiente” são as snowtrips, vulgo viagens à neve! Por desporto, diversão ou apenas status quo, muitos são os que rumam às mais diversas estâncias de desportos de inverno existentes pela Europa.

Seguindo esta tendência, a produção do B blog lançou o desafio de fazermos a nossa snowtrip e de imediato o desafio foi aceite por estes seis loucos amantes do frio e desportos de inverno!

E qual é o destino de eleição de qualquer adepto destas aventuras?! Ora nem mais… a Serra da Estrela com a sua imensa estância de desportos de inverno!

Quem conhece a serra, a sua meteorologia e as condicionantes a que esta leva, já está a ver onde isto vai dar, mas nós somos persistentes!…ou apenas teimosos! Feitas as devidas diligências, tivemos desde logo todo o apoio do staff da Estância de Ski da Serra da Estrela, que se mostraram receptivos à nossa aventura e desafio para fazermos uma produção de conteúdos pela estância! À estância o nosso agradecimento!! Adiante todos os detalhes relativamente à nossa ida à estância…

Encontrado o destino, acertada a data e definido o plano, eis-nos num sábado às 5h da manhã reunidos no ponto de encontro. Somos sete pessoas e um ou outro equipamento essencial a esta aventura, nomeadamente várias câmaras GoPro e máquinas fotográficas com respectivo leque de objectivas, equipamento adequado à neve, prancha, botas, capacete, trenó e outros demais para alimentar o espirito…coisa pouca para caber, juntamente com sete pessoas num automóvel ligeiro – agradecimento especial a quem gentilmente nos cedeu um carro de sete lugares – o CHEVROLET DA SOGRA!!!

Além deste precioso apoio, contámos ainda com o apoio da Choose Clothing que nos facultaram os gorros, luvas e cachecóis para enganarmos o frio, o apoio da Sumol que nos facultou as sweats da Sumol Snowtrip e o apoio da Palm3 Sunglasses que nos facultaram óculos para mandarmos um ‘granda’ cenário!!! 

Com arte e engenho tudo coube no carro e lá nos fizemos à estrada, rumo ao nosso destino, a Serra da Estrela!

Depois de várias paragens para abastecer, verter líquidos acumulados (vulgo “xixi”), café e fugir ao senhor da estação de serviço por estarmos a dar usos menos próprios à mangueira da água, chegamos à Covilhã e ao inicio da subida para a serra!! Por esta altura já a neve nos acompanhava estrada fora e foi no parque do Pingo Doce que fizemos a nossa primeira tentativa de snowboard… foi QUASE um sucesso!

Continuando estrada fora, a altitude ía aumentando, a visibilidade diminuindo, passamos pelas Penhas da Saúde e parou!! Nesta altura a neve já cobria toda a paisagem e na estrada estava a unidade de montanha da GNR… estrada cortada!!

Surpresa!!… Admiração!!… Ninguém estava à espera disto!!

“Como é possível o acesso a uma estância de desportos de inverno ter os acessos cortados em pleno… inverno?!”

Pois é… já se imaginava este cenário! E apesar de teimosos, sabíamos que era o cenário mais provável de encontrar por parte de quem viaja até à serra em pleno Inverno. Sem stress!!

Estacionámos o carro e rua com eles! Não há snowboard nem estância, há macacada!! Bolas de neve pelo ar, trenó, “skú” e aproveitar para fazer algumas coisas mais sérias, nomeadamente comer e beber!!

Depois de um belo repasto serrano, com queijo, presunto e vinho que souberam pela vida, continuamos as macacadas, nomeadamente algumas tentativas de snowboard num quintal e uma pista improvisada de trenós… coisas de adultos!!

O sol começou a espreitar e ponderamos nova tentativa de ida à torre. Passámos o ponto onde anteriormente estava o corte de estrada e conseguimos percorrer mais…1 QUILÓMETRO! Lá estava novamente a unidade de montanha da GNR a impedir o acesso à torre… regressar a casa era o destino mais certo, dado que o nosso plano teria de ficar por aqui e neste dia seria impossível chegar à torre e à estância.

Até que alguém se lembrou da existência de uma pista artificial em Manteigas (alguém neste momento já está a gritar: não é em Manteigas! É NO SAMEIRO!!) e já que tínhamos de descer a serra por algum lado, que seja pelo lado de Manteigas e fazemos um desvio até à pista… existindo neve deve estar em funcionamento! Imbuídos de uma última esperança, lá fomos rumo a Manteigas (SAMEIRO bolas!!!).

Com mais umas paragens pelo caminho para abastecer (não o carro, nós mesmo!) lá chegamos à pista de neve, e surpresa das surpresas, tinha neve?!?! SIIIIM… tinha pessoas?!? SIIIMM…  e estava a funcionar?!?! NÃÃÃÃO… WTF?!?! (WTF – só para não dizer um valente F***-SE)

Mas então isto está cheio de jovens (na prática do slide?!?), autocarros lá fora e a pista encontra-se fechada porque a neve ainda está muito solta?!? Temos que ir “resolver” isto… conversa puxa conversa, lá conseguimos chegar a um acordo com o pessoal da pista, alguém vai experimentar a pista (prometemos de certa forma ninguém se matar ou aleijar) e logo se vê… Prova superada! Lá conseguimos “abrir” a pista só para nós… pena foi que os saca rabos não estavam em funcionamento derivado às tempestades de neve. (“oi, espera lá.. os saca quê?!?!” – os MEIOS MECÂNICOS!!)

Portanto resumindo e baralhando à segunda subida para a pista a “pedantes” os nossos “pró-skiers” estavam completamente de rastos… há que trabalhar esse cardio malta!! O final de tarde aproximava-se a olhos vistos, o cansaço instalava-se e ainda tínhamos a viagem de regresso no horizonte. Arrumar material e pessoas dentro do CHEVROLET DA SOGRA e ficar com um amargo de boca pois queríamos mais… queríamos a TORRE mas não foi desta!

Fica o especial agradecimento a todos os que de alguma forma nos apoiaram nesta modesta aventura… Sumol, Choose Clothing, Palm3 Sunglasses, Estância de Ski da Serra da Estrela e a sogra! 😀

O video da trip…  

 

Comentários