Fomos à ante-estreia de “LOGAN” com a NEXX

Quarta-feira, em pleno dia aniversário aqui do blogue, a malta lá conseguiu (a muito custo) e após um dia frenético de trabalho para todos, sem excepção, arranjar forma de se juntar e de assinalar esta tão marcante data.

Acabou por ser engraçado, porque dias antes a Nexx Helmets tinha lançado um passatempo na qual oferecia bilhetes para a ante-estreia e iria sortear um belíssimo X.G100 Edição Especial “Logan”. Com isto tudo, não é que ganhámos bilhetes? E ainda estamos a “rezar” pelo capacete!

Ao bom jeito “tuga” lá fomos em modo contra-relógio para o C.C. Colombo, ansiosos por levantar os convites, eis que depois nos pusemos na fila para a sala, não sem antes nos abastecermos de pipocas e bebidas et voilá… o filme pelo qual aguardávamos!!!!

Malta, isto não é um spoiler, portanto não vamos estragar a curiosidade, apenas podemos dizer que é mais violento e intenso que os anteriores filmes da saga X-Men. É um facto que Logan, mais conhecido como Wolverine, é a peça central deste filme e… ahhhhhh não… ficamos mesmo por aqui… toca de ir ver!

Fica ainda o nosso agradecimento à NEXX pelos convites, fazendo votos de no futuro estarmos em mais eventos da marca, até porque foi aliar 2 gostos pessoais de todos, cinema e motos! Perfeito não é?

Então e depois do cinema (que acabou tarde!) onde é que se pode acabar uma quarta-feira em Lisboa?

COMER TARDE É…

No mercado de Alvalade na Cervejaria Sem Palavras com cozinha aberta até à 1h00 da manhã. Este foi o spot escolhido.

12 pregos e mais umas quantas imperiais, que a partir de certo momento perdemos a conta, foram a nossa salvação para enganar o estômago, uma vez que as pipocas não são sustento aqui para a malta. Conversa em dia, tirar umas fotos para mais tarde recordar, pagar e procurar o “digestivo”.

GIN WITH A VIEW

Com uma desistência (diz que tinha de preparar uma reunião para o dia seguinte!) lá nos organizámos e, num carro apenas, seguimos em busca do dito “digestivo”.

Discutem-se umas quantas opções e lá se fez fumo branco. Acabamos no PARK, um rooftop no Bairro Alto que a 15 minutos de fechar ainda nos deixou beber um Gin (como quem diz, uns quantos) e uma rodada de shot’s.

Demos por nós a beber o último copo da noite com uma vista daquelas de cortar a respiração que fazem jus à fama que a nossa Lisboa tem pelo mundo fora. Hora de regressar a casa porque no “dia seguinte” há trabalho à nossa espera!

Foi assim o nosso dia aka noite de comemoração…

P.S. – e acordar “algumas” horas depois é que foram elas!!!

Comentários