Foi num final de tarde em Alenquer que fomos conhecer a Cafeína MotorCycles (CM) e o seu mentor, Luis Martins. Conhecido no mundo das motos como Luis “Tuning”, foi piloto, director de equipa e um apaixonado pela mecânica. Abriu-nos as portas da sede da CM (ainda em construção), falou-nos um pouco sobre este sonho tornado realidade e revelou-nos em pormenor o projecto nº1, a Freewind 650.

LUIS, FALA-NOS UM POUCO SOBRE TI?

Desde tenra idade começaram a haver histórias de motas à minha volta.

Um banco de madeira deitado, um pedaço de pau de vassoura (haste de guiador) e um balde de Skip quando ainda eram redondos, cortado como se fosse um capacete integral…muito se acelerou naquela cozinha (não tinha 5 anos). Mas ainda antes, a primeira birra reportada pela família, à porta de uma loja em Espanha, na época de ir comprar caramelos e pirex  a Badajoz!

Uma Kawasaki Z 1000 em modelo à escala 1: qualquer coisa, a porta fechada pela hora da famosa “siesta”, alguém que passava e conhecia o dono …tiveram que o ir chamar a casa!!!  Obrigado!

Mais tarde, em pre adolescência, a curiosidade sobre um vizinho que mexia em mecânica levou-me à pratica e por consequência para este caminho…

ONDE/QUANDO NASCEU O “LUIS TUNING” ?

Tuning na época significava “alterar”, não havia o conceito do tuning dos carros estereotipado. Após trabalhos de alteração, da mais amadora à profissional, fosse em participações desportivas ou em oficinas/concessionários, fui apelidado. 

Em 1997 depois de tomar a decisão de trabalhar por conta própria ,nasce e fica registado o nome “LuisTuning” . 

O PROJECTO “CAFEINA MOTORCYCLES” NASCEU….

Cafeína Motorcycles  é o fruto do  amadurecimento de uma actividade profissional  e desportiva mantida ao longo dos anos conjuntamente com a paixão Café Racer.

As corridas como piloto e director, as vitórias e as derrotas, os sucessos profissionais, as pessoas…muitas e grandes experiências. O melhor de cada uma delas!

Em 2013 uma lesão grave impôs que o ritmo abrandasse, a paixão já existia e procurei um novo espaço, em 2014 o registo da Cafeína Motorcycles e em 2015 começa a mudança.

O QUE DIFERE A CAFEINA MOTORCYCLES DOS RESTANTES PREPARADORES?

O objectivo deste projecto é democratizar a customização e decidi fazer um kit base tipo “plug and play”.

É com esse mote que pretendo ligar o clássico com o intemporal em formato “Faça Você Mesmo”. Desafiando os ”desalinhados” a construir com simplicidade o que realmente necessitam e reforçar a cultura das garagens. 

Qualquer pessoa do outro lado do mundo pode encomendar o kit e montá-lo com algumas noções de mecânica. Falamos muito de particulares ou pessoas individuais, mas não excluímos oficinas, pelo contrario.

FALA-NOS DO PRIMEIRO PROJECTO?

Neste primeiro projecto peguei numa mota de baixo custo, esteticamente duvidosa mas “mecanicamente” apetecível. Uma mota facilmente esquecida pelo “pai” no fundo da garagem, uma FREEWIND 650.

Depois desenvolvi o kit universal composto pela aranha frontal, carenagem com vidro, sub-quadro traseiro, tampas laterais, guarda lama traseiro e baquet.

Base e transformação da Freewind

EXISTE(M) ALGUMA(S) REGRA(S) NA ESCOLHA DA MOTO PARA SERVIR DE BASE PARA TRANSFORMAÇÃO/CUSTOMIZAÇÃO?

Acredito na liberdade, e por isso, aprecio cada trabalho. Podemos ter como referência alguns factores mais ou menos pessoais, por exemplo coisas que tenham a ver com a utilização que se pretende.

Custos médio expectáveis, manutenção /simplicidade/utilizador.

Recorrer a alguém com experiência ajuda muito para o sucesso final. Mas o céu é o limite.

QUE MOTO SERÁ A BASE PARA A CAFEINA MOTO #2 ?

Já está nas nossas instalações mas prefiro por enquanto não desvendar. Vamos tentar conjugar com a série de Freewind 650 completas que já iniciámos.

O FUTURO?

Para além do desenvolvimento de exemplares, projectos de clientes e de laboratório em oficina, vamos estar em vários eventos este ano, ao nível nacional e internacional, já confirmados. Esta mota é um exemplar mas com todo um conceito específico. O objectivo este ano é comunicarmos o projecto.

Se quer saber mais sobre este projecto Freewind 650 e a CM aproveite para ler o artigo na REV que já esta nas bancas. Fica a dica!

The B Blog Team

Written by the B blog
.